Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Viajante, o Cruzado em Dom Abr 07, 2013 9:51 am

Eu espero que haja participação neste tópico: precisamos muito disso.

----------------------------------------------------

Fatos recentes tem me desapontado. Sendo um pouco mais direto, mas sem citar nomes, diversas pessoas participativas na guilda têm nos deixado. Algumas o fazem por motivos pessoais, em geral para ajudar uma guilda nova de um amigo. Isso posso entender, e não há como remediar. Outros saem porque buscam uma guilda que tenha alguma coisa que essas pessoas queiram: um "core" fixo para fazer raides, ou com grupo de rbg (Campo de Batalha Ranqueado) ou que façam mais PvP ou façam mais raides antigas ou qualquer outra coisa.

É verdade que nossa guilda é "casual". Nós, como guilda casual, sempre nos dedicamos a ajudar uns aos outros: fazemos ou ajudamos a obter equipamentos, montamos pequenos eventos, damos dicas, ajudamos a melhorar as profissões, montamos grupos para pequenas atividades. Acho que esse se tornou o charme dela, se você for participativo, conversar, vai fazer bons amigos e obter muito êxito em muitos aspectos do jogo.

O ponto é que nós não forçamos nossos membros a nada, enquanto que uma guilda "hardcore", em geral terá um "núcleo" de pessoas ativas e um universo de membros esquecidos nos cantos da guilda. Isso ocorre porque para fazer conteúdo competitivo, como as raides ou campos de batalha ranqueados é preciso ser "hardcore", e isso significa dedicação, pontualidade, assiduidade, esforço para se aprimorar, trabalho em equipe e seguir instruções. Uma raide não é simplesmente uma masmorra grandona em que você pode entrar e ser carregado pelos outros enquanto faz DPS medíocre. Um time de rbg não funciona quando um bando de desconhecidos se une para lutar contra grupos organizados.

A exemplo das dificuldades, nossa guilda teve um core para as raides de Pandária que perdurou por cerca de três meses (Dezembro a Fevereiro). Não conseguimos matar um único chefe, e o problema era exatamente a falta de compromisso de alguns membros. Muitos iam e vinham como bem queriam. Outros queriam ditar seus horários. Muita gente entrava no core sem qualquer preparo, sem ler as lutas. E não conseguimos um segundo tanque fixo. Numa guilda "hardcore", o core é uma coisa séria. Se você não vai cumprir horário, se você não segue ordens ou se seu DPS/HPS/capacidade de tanquear for medíocre, você está fora. Ninguém vai ficar te carregando se você não for contribuir para o time, porque uma única pessoa despreparada pode estragar a diversão (ou competição) de todos os outros nove membros da raide.

E aí chegamos no ponto. Mesmo sendo casuais, não falta interesse nosso em montar eventos mais sérios de vez em quando. Eu adoraria poder raidar uma vez por semana seriamente. Adoro PvP, e se alguém quiser posso formar um grupo de arena ou podemos fazer CBs aleatórios (ou mesmo ranqueados, se tiver gente suficiente). Nós temos gente suficiente para tal. O problema é que falta tanto iniciativa como participação de nossos membros.

Quanto à participação: alguns estão sempre participando, verdade, mas o que tem ocorrido é que alguns de nós querem que a guilda esteja disposta apenas a fazer os eventos que eles querem, na hora que eles puderem. E eles não estão dispostos a participar de outros eventos. Vou dar um exemplo muito claro: alguns querem raidar Ulduar. Outros querem raidar Cidadela da Coroa de Gelo. Outros querem o Bastião do Crepúsculo ou a Alma Dragônica. Não dá para marcarmos todas as raides desejadas em todas as semanas, isso é impossível e não funciona. Temos que escolher só uma. Porque há tanta má vontade em participar só porque não foi a raide que você escolheu? Eventualmente sua vez vai chegar.

E quanto à iniciativa: só porque não foi marcado um evento de guilda, não significa que vocês estão proibidos de organizar eventos de seu interesse dentro da guilda. Se naquela quarta-feira não há nada marcado, que tal aproveitar a terça e a quarta para juntar voluntários para um evento que te interessa? Se você quer fazer PvP ou um LFR, que tal chamar mais pessoas? Se na guilda não tem gente suficiente interessada em algo que te interesse, que tal nos ajudar a recrutar? Um grande mal que estamos tendo é essa inércia das pessoas quererem ser carregadas.

Vou dar um bom exemplo: o Skkegiold queria matar o Lich Rei, montou um tópico aqui no fórum organizando. Quase ninguém respondeu. Ainda assim, o evento ocorreu e conseguimos vários achievs, incluindo um dos mais difíceis (uma pena que o próprio Skkegiold teve uma queda de conexão que o fez perder boa parte do evento, mas futuramente retornaremos lá). Foi um evento de quase quatro horas que teve seus problemas, mas ainda assim aconteceu e beneficiou bastante gente.

Eu acho sinceramente que muita gente não está aproveitando a guilda tão bem quanto deveria. Muitos estão ficando quietos num canto, esperando as coisas acontecerem. Eu não conseguirei fazer essa guilda melhor sozinho, nem tenho como estar presente sete dias por semana, organizando um evento por dia. Para que a guilda se torne melhor, todos têm que participar, ter iniciativa, colaborar. Eu não quero tornar essa guilda hardcore; isso marginaria quase todos os membros mais novos em troca de darmos a atenção a apenas um grupinho central. Queremos proporcionar diversão a todos.

Causa-me especial preocupação pelo fato de que vou me ausentar nas próximas semanas por motivos pessoais. Tenho sido o oficial mais ativo (e infelizmente o tempo presente do Rei Barenn é limitado), nossos outros oficiais estão sumidos e não estou vendo gente disposta assumir o fardo. Peço por favor: não deixem a guilda parar.

_________________
Respeito: Cada coisa tem sua conexão com o mundo; Não maltrate o que você valorizaria se fosse seu.
Tenacidade: O mundo é grande demais para ser refeito em um dia; Perseverança gera força.
Compaixão: Você conquista mais iluminando as vidas alheias do que a sua própria; Ofereça ajuda sem pedir nada em troca, mas sem desvalorizar aquele que a recebe.

Um mundo melhor é minha felicidade. A tragédia alheia piora o mundo. Estamos todos ligados.

Esta é a essência da Luz Sagrada.
avatar
Viajante, o Cruzado

Mensagens : 81
Data de inscrição : 12/03/2013
Localização : Ventobravo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Gupamplona em Dom Abr 07, 2013 12:08 pm

/palmas

Infelizmente alguns jogadores, tem como "missão" no jogo, ser o top player do jogo, deixando de lado, conhecimento, lore, companheirismo, enfim...

Desde que comecei a jogar Wow, em set/11, jogava por lvl, mal sabia sobre profissões, itens, pvp, pve. Meu troll arqueiro, atualmente lvl 85, foi rush lvl...uparo máximo possível. Isto, certamente resquícios de MMORPGS antigos.

A partir do meu segundo char, comecei a conhecer melhor o Wow. Entender tanto sobre o jogo, tanto como a Lore. Sinceramente...a partir do momento que se conhece a história do jogo, ele fica muito mais divertido. Minha intenção é essa...conhecer o jogo. Ontem participei da Raid da ICC, primeiramente com meu char 80 e depois com o 90, na qual a graça do jogo era conhecer a história, seu desenrolar. Não buscava transmog, não buscava títulos e nem achievs (apesar de ter ganho vários).

Quando as pessoas deixarem de querer jogar Wow, para viver o Wow, verão que ele é muito mais do que matar mobs e conseguir coisas, logo, não se importarão em trocar algumas diárias do 90 por uma raid lvl 60 / 70 / 80...

_________________
Samalael, Elfo Noturno Ladino de Combate, lvl 90
avatar
Gupamplona

Mensagens : 23
Data de inscrição : 20/03/2013
Idade : 32

Ver perfil do usuário http://us.battle.net/wow/pt/character/goldrinn/Samalael/simple

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Drienna, a não-viva em Dom Abr 07, 2013 1:16 pm

Eu sempre acredito, e sempre irei acreditar, que em qualquer tipo de diversão, o que deve acontecer é você se divertir com o que gosta, e sem estragar a diversão dos outros. Por isso eu consigo entender gente que só quer fazer um conteúdo ou outro, ou os que vivo mencionando com humor, os "noob de nivel 90" rush level, que de fato não fazem a menor idéia de como chegaram lá, como faz pra andar (e não correr) e essas coisas.

Mas até aí, se essas pessoas estão se divertindo, seus R$ 15,00 (ou 12,90 para usuarios gvt) estão bem-gastos, na minha opinião. O que eu tenho visto bastante é sim um pessoal de níveis bem diversos, que joga mais ou menos e mais ou menos comenta no próprio chat da guilda. E dentro disso eu consigo enxergar uma mentalidade de guilda comum: Você não se mete com o "core" de pessoas da guilda, a "panelinha" (por falta de palavra melhor), se não tiver nada a adicionar, e as pessoas nem sempre sabem o que adicionar.

Nesse ponto eu acho que a idéia é tentar fazer uma diferença; eu me esforço "demais da conta" em responder cada pequena pergunta que fazem, ou mesmo comentar sobre o que comentam, ESPECIALMENTE de nomes que não me soam familiares, de gente que pode ter entrada à pouco em uma guilda casual mais em busca de amigos e um ambiente legal de chat enquanto joga, do que entrar em uma guilda 500+ membros, onde somente a panela conversa e qualquer, eu digo, QUALQUER coisa que você falar é ignorada.

Eu entendo que será dito que existe um esforço de "sempre que posso eu x", e não estou acusando ninguém, apenas recomendando que esses esforços sejam redrobados. Uma pessoa que não se sentir em casa, bem, não vai se sentir em casa, e muitas vezes jogadores casuais, como eu e os outros três que trouxe para a guilda, simplesmente querem se sentir em casa, e não em um canto solitário. Vou ser sincero que quando eu entrei na guilda, a única pessoa que me dava bola, enfim, que saía de sua zona de conforto para conversar comigo ali era o Yazhir. O Yazhir. Olha o fim do mundo disso! (desculpa bro, não pude deixar passar)

Falando agora no meu psicologuês (mal do curso, sorry): Uma vez que alguém novo monta um elo empático com alguém, ele procurará essa pessoa, digamos em chat, irá querer participar de coisas com ela, se juntará ao grupo mais facilmente, etc. Em resumo, ela terá motivo para ser participativa. E que motivo alguém tem para entrar nesse forum e compartilhar além de que "por que o VJ mandou", se ela não tiver um elo empático com a guilda / aspecto dela?

Vamos nos abrir mais, é minha dica! E se você acha que esse recado não é para você, por que já faz o bastante, bem, se abra ainda mais! cheers
avatar
Drienna, a não-viva

Mensagens : 6
Data de inscrição : 07/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Viajante, o Cruzado em Dom Abr 07, 2013 2:28 pm

Drienna, eu não gosto dessa palavra "panelinha". Ela para mim é ofensiva. Panelinha implica num grupo fechado, o que não somos. Qualquer um pode participar, e quem participa acaba reconhecido. Não adianta ficar escondido, falar pouco e esperar ser convidado. Os convites são abertos a todos, não há reuniões secretas nem atividades fechadas nesta guilda.

Eu sou uma pessoa tímida na vida real. Entendo como é dificil você se misturar a um grupo, mas a responsabilidade do grupo é acolher, não dá para forçar ninguém a se abrir. É o indivíduo que deve se mostrar, não temos como sair perguntando a cada hora para todo mundo: "Tudo bem aí? Precisa de alguma coisa?". Ter a curiosidade de entrar no fórum já é um começo, por exemplo. Não é porque "o VJ mandou", mas porque é uma ferramenta que a guilda disponibiliza para interação.

Concordo que está faltando cordialidade e prestatividade com os mais novos. Eu tento ajudar como posso, e tem outros que o fazem. Mas temos constantemente de 10 a 20 pessoas online, essa tarefa não deveria estar nas mãos de um ou dois, e sim de todos.

Como eu disse, temos estrutura para tornar essa guilda muito melhor, mas sem participação só vai piorar.

_________________
Respeito: Cada coisa tem sua conexão com o mundo; Não maltrate o que você valorizaria se fosse seu.
Tenacidade: O mundo é grande demais para ser refeito em um dia; Perseverança gera força.
Compaixão: Você conquista mais iluminando as vidas alheias do que a sua própria; Ofereça ajuda sem pedir nada em troca, mas sem desvalorizar aquele que a recebe.

Um mundo melhor é minha felicidade. A tragédia alheia piora o mundo. Estamos todos ligados.

Esta é a essência da Luz Sagrada.
avatar
Viajante, o Cruzado

Mensagens : 81
Data de inscrição : 12/03/2013
Localização : Ventobravo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Gupamplona em Dom Abr 07, 2013 2:47 pm

Acho que "cordializar" é um tanto pessoal. Há pessoas que ao entrar na guilda, tem dificuldade de dizer: "Oi tudo bem?! Posso ser seu amiguinho?" (apenas mostrando ironicamente um exemplo). Essas pessoas que as vezes precisam de um puxão para o grupo. Sussura e convida para um cenário, uma masmorra...essas coisas.

Assim como há players que já chegarão conversando, cumprimentando...enfim...as vezes tem que partir de ambas as partes as "boas vindas, junte-se a nós".

_________________
Samalael, Elfo Noturno Ladino de Combate, lvl 90
avatar
Gupamplona

Mensagens : 23
Data de inscrição : 20/03/2013
Idade : 32

Ver perfil do usuário http://us.battle.net/wow/pt/character/goldrinn/Samalael/simple

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Drienna, a não-viva em Dom Abr 07, 2013 3:15 pm

Tu colocou de forma muito bela, Gumpalumpa. Acho que o caminho é esse sim; o pessoal mais dado, que corre atrás, nunca será problema, e sempre terá gente de braços abertos para os receber. Já o pessoa mais fechado, e que tem dificuldade de dizer "oi tudo bem? posso ser seu amiguinho", parafraseando você "precisam de um puxão do grupo". Eu entendo o pensamento, mas não concordo que o melhor é "deixar eles virem". Tem gente que não tem dentro de si puxar alguém pra dançar e fica a noite toda desejando a) que alguém o chame; ou b) se amaldiçoando por não ter "as moral".

_________________
"Se sou fria e amarga como o inverno, é por que a primavera de minha vida foi arrancada de mim"

Eu sou uma pessoa legal, Drienna não. Se ela for uma bitch, saiba que a intenção nunca será estragar sua diversão. Me avise se isso ocorrer.
avatar
Drienna, a não-viva

Mensagens : 6
Data de inscrição : 07/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Viajante, o Cruzado em Dom Abr 07, 2013 3:52 pm

Concordo, devemos cordializar. E eu acho que quem chama alguém para a guilda tem que zelar e integrar a nova pessoa. Pelo menos os que eu chamo costumo incentivar. É o caso do Skkegiold ou o Chaguar, por exemplo. Mas são muitos "anônimos", não dá para cuidar de cada um deles.

_________________
Respeito: Cada coisa tem sua conexão com o mundo; Não maltrate o que você valorizaria se fosse seu.
Tenacidade: O mundo é grande demais para ser refeito em um dia; Perseverança gera força.
Compaixão: Você conquista mais iluminando as vidas alheias do que a sua própria; Ofereça ajuda sem pedir nada em troca, mas sem desvalorizar aquele que a recebe.

Um mundo melhor é minha felicidade. A tragédia alheia piora o mundo. Estamos todos ligados.

Esta é a essência da Luz Sagrada.
avatar
Viajante, o Cruzado

Mensagens : 81
Data de inscrição : 12/03/2013
Localização : Ventobravo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Rapultinsky em Dom Abr 07, 2013 11:34 pm

hum.... Quando eu e Elinliel nos mudamos para a guilda, fomos muito bem recebidos. Mas eu sou mais popular e conhecido na guilda do que o Elinliel, e foi ele que entrou primeiro.... rs (sem ofensas Elin...).. é que ele é mais quietão... mas ele nunca me reclamou de não ter bons amigos aqui.
Aliás isso é uma coisa que eu gostaria de dizer, pode até ser verdade que que não dá pra dar atenção pra todo mundo, mas essa é a guilda mais aberta e receptiva que eu já encontrei em Wow, ninguém fica de mau humor porque vc fez uma pergunta "noob", todo mundo responde quando vc pergunta, todo mundo dá bom dia e boa noite, uando vc precisa de alguma coisa todo mundo tenta ajudar. Acho que a questão do "elo empático" é verdade, é sempre bom ter alguém com quem ter mais afinidade. Mas não vejo "falta de abertura" talvez falta de iniciativa dos demais em tentar integralizar os mais novos, mas os mais antigos na guilda sempre foram os mais receptivos ao meu ver...
avatar
Rapultinsky

Mensagens : 14
Data de inscrição : 21/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Chaguar em Dom Abr 07, 2013 11:57 pm

Eu entrei na guilda por convite da Malaisa, nos estavamos numa masmorra aleatória e vendo como eu tava jogando mal, ela foi super bacana e ao final me falaou que fazia parte da guilda e de como era a filosofia, assim que entrei ela me ajudou com algumas dicas e alguns equipamentos, me falou do Viajante que tambem da mesma forma foi muito atencioso. Fiquei muito satisfeito pois era o que eu procurava, comecei a jogar cerca de 4 meses atrás e o meu foco do jogo era realmente upar e vejo que hj pago por isso, nessas poucas semanas que participo da guilda aprendi muito mais do que os meses anteriores. Eu não sei há quanto tempo ela existe, mas da mesma forma que qualquer um de nós que com o tempo aprendemos mais do jogo e jogamos melhor, a guilda com o tempo (espero que) caminhe para ficar melhor, nosso forum por exemplo além de desabafos, apresentações, guias e varios outros tópicos ele vai ficar mais completo e mais rico. Novos membros virão alguns irão, mas é assim que funciona, aqueles que chegam e se identificam, se aconchegam acredito que permanecerão e ajudarão a guilda, quem vem só pra tirar algum beneficio imediato, esses não permanecerão.
A guilda é um grupo de pessoas, e continuarão como um grupo quando a maioria dos seus pensamentos forem parecidos.
Tenho que aprender muito de WOW e entrei em varias guildas até chegar na DRAGÕES PÚRPURA, a partir daqui conto com ela pra me ajudar e espero retribuir (quando tiver aprendido um pouco).
avatar
Chaguar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 25/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Barenn, Rei Púrpura em Seg Abr 08, 2013 12:21 am

Olá caros Dragões Púrpura,

A nossa guilda sempre foi casual. Todos que dela participam, de prontidão não precisam se submeter a participar deste ou aquele evento se não quiserem. O espirito sempre foi o de promover eventos o mais abertos possíveis para abranger uma maioria de membros, fazendo algumas raides antigas, o rush para pegar os dracos e as bolsas, aulas de macro da Malaísa; chegando finalmente na nossa reunião aberta a todos os membros para que possam se colocar e socializar.

A única regra da nossa guilda sempre foi o respeito, trate a todos cordialmente. Quem assim não procedeu foi avisado e retirado da guilda... e isto aconteceu pouquíssimas vezes.

Pela minha experiência, nas nossas reuniões alguns players manifestam vontade de fazer uma raide ou outra. Sempre que marcamos varias, as pessoas comparecem a no máximo uma. Até quem pede determinada raide, falta no dia... O que eu posso considerar normal uma vez ou outra sem problema.

Disso, eu chego a conclusão que necessariamente Viajante tem tido que estar presente e puxar o pessoal para a raide acontecer. É sempre assim? Com certeza não. Mas também a pessoa não pode se disponibilizar, em meu entendimento, tantos dias da semana para puxar os eventos. Eu mesmo atualmente me disponibilizo para um no máximo, isso quando me disponibilizo.

Na nossa guilda não temos um core em palavras do jogo, grupo especializado em fazer raides. Mas temos um coração, que são todos os membros que tentam perpetuar o espirito de receber bem da guilda e cultivar o companheirismo, sim. Eu discordo de que aconteça o contrário, fiz bons amigos entre os novos membros e os antigos. Existem sim guildas que as pessoas nem sequer te respondem o chat, isso acontece nos Dragões Púrpura? Sim, com certeza alguém as vezes fica sem resposta, é normal. Pelo que eu percebo, a regra é que todos recebem atenção quando possível. Mas ai vem a questão, recebem atenção de quem? Da "panelinha"? Quem é a "panelinha"? Se são os líderes da guilda, saibam que dos mais antigos apenas eu e Viajante estamos mais presentes. Então, hoje temos 229 contas/jogadores na guilda, como pessoas que tem vida fora do WoW podem dizer Oi algumas vezes por semana a mais de uma centena de pessoas? A guilda não é um core ou uma "panelinha", isso os Dragões Púrpura nunca foram e eu conheço outras guildas que o são. Mas ai, quem faz a diferença para um guilda ser boa? Um punhado de lideres? Também. Mas o que faz principalmente uma guilda, são seus membros, afinal. Uma "panelinha" cria seus eventos, não comunica, não abre vagas... Apenas usando o termo genérico "panelinha" pois foi utilizado como exemplo por falta de termo melhor em outro post. Poderia ser "grupo", tanto faz.

Temos oficiais, mas como prezamos a liberdade no jogo não estamos compulsoriamente pedindo participação. Pois, como Drienna pontua, algumas pessoas podem preferir jogar na sua ou rushando lvl 90, pagaram por isso e estão se divertindo? É válido também. Então nota-se que nem os oficiais são compelidos a fazerem algo que não querem. Mas se algumas pessoas não falam com os outros, e pagam o jogo, e estão se divertindo com isso, e achamos válido, pq estamos em discordância? Reparem que eu não estou dizendo que o comportamento está certo ou errado, apenas trabalhando a argumentação.

Continuando, o problema de alguns membros mais calados não receberem atenção é um problema geral em guildas grandes ou que estão crescendo, o caso da nossa. Por incrível que pareça, estou vendo aqui no fórum da guilda uma discussão sobre isso... Em outras guildas, o normal é a grande, muito grande rotatividade dos seus membros, sem questionamentos, sem que a guilda reflita ou queira refletir sobre isso. Com certeza uma pessoa que se sente integrada, participa mais, comparece e conversa, isto é inegável. Este é sempre o ideal, mas é tarefa apenas de alguns membros tratar a todos bem e agir de maneira a integrar, ou de todos? Os Dragões Púrpura tem um bom índice de retenção de jogadores, eu acredito, ao menos os que compartilham com a cordialidade e as nossas ideias.

Drienna cita um excelente exemplo, Yazhir. Uma pessoa participativa e comunicativa, que na minha visão nesse caso passou a ideia de ser um Dragão Púrpura. Mas por que é o "fim do mundo" que seja o Yazhir? Para mim ele é um Dragão tão qualificado quanto outros, principalmente dentro da ideia de que a guilda são seus membros e não uns poucos. Eu entendo que vc não teve intenção de desqualificá-lo neste comentário, não se preocupe. Existem apenas algumas pessoas especificas que devam fazer algo para membros se sentirem bem? Eu não vejo por ai. Sejamos, todos nós que desejarmos, proativos. Agora retornamos ao que Viajante trouxe com o tópico, a falta de proatividade para que hajam mais eventos. Pq isso acontece? Falta de compromisso de algumas pessoas para com que uma raide, um cb, um treinamento aconteça. Para se ter um core é necessário compromisso, que não é apenas estar presente mas também estudar todas as especificidades do jogo em sua classe. O mesmo se aplica em RBG. Se alguns interessados em participam não fazem por onde, como depois culpar o core líder de que a coisa não vai para frente ou fica desagregadora? É natural os que participam se desmotivarem quando acontece isso.

E sim, ninguém é forçado a participar do fórum para dar ideias de como melhorar sua própria interação no jogo. Seria, porém, interessante que o fizessem. Pq o Viajante mandou, ou pq convidou e é uma ótima chance de se falar sobre o que se discorda? Estou curioso para ver sugestões de formas mais interativas. Vejam bem, eu considero o convite ao fórum amplo e irrestrito a todos os membros uma forma bastante aberta e ampla de tentar ouvir a todos, ao contrário de uma coisa fechada, afinal está aqui para todos lerem e comentarem.

No mais, se houverem sugestões, todas são bem-vindas. Temos agora este fórum, temos reuniões semanais ingame, temos chat da guilda e para os mais tímidos, o whisp/sussurro, que dificilmente fica sem resposta, digo de passagem.

Desculpem o longo post, eu escreveria mais, entretanto inviabilizaria a leitura. Obrigado a todos que comentaram até agora.

Honra e Glória Dragões!

Rei Púrpura


_________________
Honra, glória e sabedoria.

Avante, Dragões Púrpura!
avatar
Barenn, Rei Púrpura

Mensagens : 39
Data de inscrição : 13/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Liezel, A Luz da Aurora em Seg Abr 08, 2013 8:57 am

Bom, falando como jogadora e não como personagem, tive experiência em outras guilds em que e quer um "bom dia" era respondido, quando entrei para os Dragõs, me surpreendi bastante com a recepção e o tratamento ... Eu acho que às vezes falta um pouco de comunicação, há várias ferramentas ingame e fora dele para se comunicarem, muita gente, eu sei, é timida. Tem gente que só me procura pelo whispe, pra pedir ajuda ou alguma informação, mas mesmo no seu jeitinho timido, participa das atividades. Acho que não devemos nos acomodar, eu me lembro da época em que nada acontecia se o Viajante não estivesse on para "pegar na mão" e levar, ele começou a ficar cansado ingame e offgame, a ponto de Trollolloo e eu termos que intervir pra dar um alívio a ele.

A maioria está ali, bem disposta a ajudar, infelizmente, muito infelizmente não há como ficarmos 24hs por dia, perguntando se tudo está bem, se estão precisando de algo ou se querem fazer alguma coisa. A maioria dos eventos são os próprios membros que escolhem, as chamadas para participar são feitas no chat da guild repetitivamente.

Alguns são mais soltos como o Yaz, outros mais calados como a Hana, mas ambos tem seu grau de importancia e participação, e é isso que conta.

Esse assunto de "panelinha" me deixa chateada, porque uma "panelinha" é um grupo fechado, com critérios pré-definidos, como exemplo, posso citar a guild em que faço parte na Horda, as pessoas são super gente boa, mas eu não posso participar dos eventos de raid (mesmo que sejam do meu lvl) porque ainda não tenho lvl 90, eu não os cculpo por isso, querem fazer as conquistas e tudo mais. Um lvl baixo ou despreparado só os atrapalharia. Quando isso aconteceu aqui? Quando comecei o RP com o Viajante, fiquei muito preocupada a respeito disso, que começassem a falar ou pensar que estava de alguma forma sendo privilegiada por isso ou por aquilo só porque estava jogando com ele, tanto que por algum tempo, jogamos sozinhos sem envolver a guild, aos poucos, a participação com o RP na guild foi aumentando, e me senti mais confortável com a situação.

Às vezes alguém fica sem resposta, às vezes sem ajuda, mas acredito que sejam casos isolados. Há muitos canais pelos quais se comunicar (chat da guild, forum, sussurro, grupo do facebook), acho que a maioria se esforça pra puxar todo mundo, pra interagir com todo mundo. Um ou outro escapa, sabemos. Acho que é essa a intenção desse topico, evitar que deixemos que alguém escape, que se sinta excluído.

É uma via de mão dupla, não dá pra fazer tudo sozinho, afinal.
avatar
Liezel, A Luz da Aurora

Mensagens : 62
Data de inscrição : 10/03/2013
Localização : Exodar

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Viajante, o Cruzado em Seg Abr 08, 2013 9:11 am

Fico muito feliz com a participação de todos neste tópico.

O importante é todos termos noção do que está acontecendo. Nossa guilda sempre manteve bastante jogadores interessados, mas nas últimas semanas, muita gente participativa, com posto até, saiu sem nem avisar ou dar motivos. Isso me preocupa, e muito.

Drienna cita um excelente exemplo, Yazhir. Uma pessoa participativa e comunicativa, que na minha visão nesse caso passou a ideia de ser um Dragão Púrpura. Mas por que é o "fim do mundo" que seja o Yazhir?

Não se preocupe, Barenn, Drienna estava falando em tom jocoso. Os dois "discutem" bastante no chat, e ela estava apenas dando uma "espetada" amigável nele com aquele comentário.

_________________
Respeito: Cada coisa tem sua conexão com o mundo; Não maltrate o que você valorizaria se fosse seu.
Tenacidade: O mundo é grande demais para ser refeito em um dia; Perseverança gera força.
Compaixão: Você conquista mais iluminando as vidas alheias do que a sua própria; Ofereça ajuda sem pedir nada em troca, mas sem desvalorizar aquele que a recebe.

Um mundo melhor é minha felicidade. A tragédia alheia piora o mundo. Estamos todos ligados.

Esta é a essência da Luz Sagrada.
avatar
Viajante, o Cruzado

Mensagens : 81
Data de inscrição : 12/03/2013
Localização : Ventobravo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por trollolloo em Seg Abr 08, 2013 3:00 pm

Olha... agora é minha vez de contar minha experiencia...

antes de vir pra blizzard, eu jogava em um servido private.
ficamos perto de um ano com o mesmo pessoal, fizemos muita amizade,
mas com o tempo a coisa mudou, pessoas se afastaram e a nossa guild perdeu
o real proposito que procurávamos, que era se divertir.
oque era amizade e descontração tomou um tom mais severo, um tom de "obrigaçao".
Brigávamos entre nós, nos separamos e chegaram ao ponto de certas atitudes
apenas para provocar o outro, ou até a prejudicar.

Logo que cheguei na guild, tentava me introsar, falava um monte de besteira
no guild chat, sempre tentando fazer alguma coisa ou falando só besteira mesmo.
Entendo que ha pessoas timidas na maioria das vezes, mas se essas pessoas nao
vao deixar de ser timidas apenas por serem chamadas pra alguma atividade.
Ultimamente estou um pouco "afastado" das atividades da guild, pois na maioria dos
dias em que posso jogar, tenho que me dedicar as atividades do core. (e realmente ha
necessidade de muuuuiiiitttaaaaa dedicaçao !!! hehe )

entao, na minha opinião toda guild PRECISA de renovação. Precisamos sempre algum
motivo de reencontrar o nosso motivo de jogar !!! Se se torna uma obrigação, tudo
aquilo que voce zelava tanto, desmorona e sobram apenas ruinas do seu legado.
cada pessoa deve encontrar a sua, e na dragoes oferecemos ferramentas para isso !

como um amigo meu disse para mim:
"A guild pode nao ter core, estar sem progressao nas raids e faltar tanker...
mas é realmente MUITO engraçada !!! gosto daqui..."

e é exatamente isso que nos torna diferentes...
é exatamente como o barenn disse:
Barenn, Rei Púrpura escreveu:
Na nossa guilda não temos um core em palavras do jogo, grupo especializado em fazer raides.
Mas temos um coração, que são todos os membros que tentam perpetuar o espirito de receber bem da guilda e cultivar o companheirismo, sim.

Honra e Glória Dragões!

avatar
trollolloo

Mensagens : 14
Data de inscrição : 25/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Askr em Qua Abr 24, 2013 5:36 pm

Boa noite pessoal!!

Hoje por incrível que pareça será o meu primeiro post no nosso fórum. Digo primeiro pois sou um dos membros mais "antigos".

A nossa origem e filosofia foi muito bem colocada pelo Barenn, que sempre foi a de promover a interação entre os membros e cultivar a amizade. Para isso temos vários meios de comunicação (RC, facebook e agora o fórum).

Acredito que o nosso charme e diferencial seja a liberdade que todos os membros possuem, e os vínculos vão se criando com a convivência. Acho que cada Dragão tem a responsabilidade de fazer da nossa casa um lugar melhor, sempre respeitando a vontade o próximo. É muito legal ter alguém como o Viajante para, como disseram, "pegar na mão" e fazer a coisa acontecer, mas isso não pode ficar restringido a um dois membros.

Lamento muito de não ter o tempo que gostaria para logar devido os meus afazeres na vida real, e por isso, o tempo que tenho dedico a conhecer algumas historias do jogo. Porém, estou sempre a disposição para ajudar os meu irmãos de armas. Very Happy

Core, raide, CB, PVP, tudo é bacana deste que estejamos com quem nos sentimos bem.

Vamos movimentar mais a guilda não deixando nas mãos de poucos a responsabilidade de fazê-lo.

Abraço a todos!!
avatar
Askr

Mensagens : 9
Data de inscrição : 10/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Viajante, o Cruzado em Dom Maio 19, 2013 11:24 am

Volto a reiterar o tópico, porque os motivos dele existir ainda existem, e acho que têm se agravado.

Esses tempos tenho estado um pouco afastado da guilda - tempo menor para ela, bem como interesses temporários diversos - e isso está se refletindo claramente na qualidade das atividades da guilda.

Precisamos ter mais iniciativa. Já disse e vou repetir: querem fazer algo? Querem marcar um evento? Vamos discutir isso - aqui no fórum ou ao vivo. Embora eu não tenha tido tempo para organizar eventos, tenho toda a disposição do mundo para participar e ajudar a fazê-los acontecer.

_________________
Respeito: Cada coisa tem sua conexão com o mundo; Não maltrate o que você valorizaria se fosse seu.
Tenacidade: O mundo é grande demais para ser refeito em um dia; Perseverança gera força.
Compaixão: Você conquista mais iluminando as vidas alheias do que a sua própria; Ofereça ajuda sem pedir nada em troca, mas sem desvalorizar aquele que a recebe.

Um mundo melhor é minha felicidade. A tragédia alheia piora o mundo. Estamos todos ligados.

Esta é a essência da Luz Sagrada.
avatar
Viajante, o Cruzado

Mensagens : 81
Data de inscrição : 12/03/2013
Localização : Ventobravo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Iniciativa, Casualismo vs. Hardcore e o futuro da Guilda

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum